© 2015 por VITA NUTRIRE

  • b-facebook
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Pinterest Preto Redonda
  • Twitter - Black Circle

Nhoque Vegano à Bolonhesa

09.08.2019

Assista ao vídeo acima

 

Essa é uma receita muito especial para mim, porque eu cresci vendo a minha avó preparar nhoque em casa. Saudades da minha vozinha que já está no céu das avós.

 

Só que na versão vegana e com molho bolonhesa.

 

Vou te confessar que já fazia um tempo que eu estava tentando fazer uma receita de nhoque que realmente me agradece: que não ficasse com gosto de farinha, nem mole demais na hora de servir e nem com pedacinhos durinhos no meio. E essa receita me deixou totalmente satisfeita!

 

Ele fica gostoso, é fácil de fazer e usa ingredientes acessíveis. E você vai aprender um segredinho para preparar um nhoque que fica firme na hora de servir, mas desmanchando na boca. Sem precisar de ovos!

 

Receita de Nhoque Vegano à Bolonhesa

 

Rendimento: de 3 a 4 porções

Dificuldade: fácil

Tempo: 1 hora

 

Ingredientes do Nhoque

 

1 kg de batata inglesa

1 xícara de farinha aproximadamente

Sal a gosto

 

Ingredientes do Molho à Bolonhesa

 

Fio generoso de azeite

1 cebola média picada

2 dentes de alho picados

1 xícara de proteína de soja escura miúda (não transgênica se possível)

1 cenoura pequena ralada no ralo fino

500 ml de molho de tomate

Sal a gosto

 

Modo de Preparo

 

  1. Coloque a batata para cozinhar da forma que preferir. Costumo cozinhar descascada e picada em água. Quando estiver macia, mas ainda não muito mole, deixe escorrendo em uma peneira;

  2. Amasse ainda quente. Prefira usar um espremedor de batata, que é um segredo para deixar o nhoque com uma textura cremosa e lisa. Mas também dá certo com outras formas de espremer, só que a textura pode não ficar tão lisa;

  3. Adicione ao purê quente 1 xícara de farinha de trigo aos poucos. Vá amassando com a mão até tudo se misturar. Adicione sal a gosto e sove a massa por um minutinho. A textura da massa deve ser firme ao ponto de ser moldada e um pouco úmida. Procure não colocar mais farinha, para que o nhoque fique com aquela textura cremosa que a gente gosta;

  4. Distribua a massa nas laterais da tigela e leve para a geladeira. Com a massa fria, vai ficar mais fácil de moldar e vai precisar de menos farinha;

  5. Enquanto a massa esfria, vamos fazer o molho à bolonhesa. Para isso, coloque 1 xícara de proteína de soja escura miúda em água quente e deixe cozinhar por uns 10 minutos;

  6. Então escorra e aperte bem para sair todo o líquido. Se você tiver, use uma espremedor de batata. Se não, use um garfo sobre uma peneira. Aperte, enxágue e aperte de novo. Vá lavando e espremendo várias vezes. Isso vai tirar o sabor da soja e deixar ela pronta para receber os temperos. Reserve a soja espremida;

  7. Coloque em uma panela o azeite, a cebola picada, o alho picado e uma pitada de sal. Misture e deixe dar uma refogada em fogo baixo. Daí adicione a proteína de soja espremida e a cenoura ralada e vá misturando enquanto refoga;

  8. Quando a cebola e a cenoura estiverem cozidos, adicione 500ml de molho de tomate sem sal. Misture e deixe apurar um pouco. Acerte o sal e está pronto. Reserve.

  9. Coloque uma panela de água para ferver enquanto a gente vai moldando o nhoque. Retire a massa da geladeira e coloque sobre uma bancada enfarinhada. Se a massa estiver úmida demais, vá adicionando farinha na bancada e amassando. Mas não exagere na farinha!

  10. Corte a massa em pedaços menores e abra um rolinho. Corte em pedaços do mesmo tamanho e vá acomodando em uma superfície polvilhada com farinha. Eu normalmente coloco sobre uma assadeira. Se quiser, pode enrolar levemente os pedaços cortados para ficarem mais arredondados;

  11. Quando a água ferver, coloque os nhoques delicadamente e um pouco por vez. Quando os nhoques subirem, retire da panela e coloque sobre uma travessa com um pouco de azeite ou molho ou direto na panela com o molho. E está pronto para servir!

 

 

 

Dicas

 

  • Para essa receita, você pode usar a batata inglesa, a batata convencional. Não precisa usar a batata asterix, que normalmente é indicada para o preparo de nhoque, por ser mais seca, mas você pode usar se quiser;

  • Você pode cozinhar a batata na água sem problemas. Só tome cuidado para não cozinhar demais. Porque aí vai precisar de bastante farinha para fazer o nhoque. E quanto menos farinha, mais gostoso fica o nhoque;

  • Se você quiser testar com outra farinha, fique a vontade, mas eu não testei para dizer se fica bom e eu indico seguir a receita tradicional, com farinha de trigo.

 

 

E aí, você gostou da receita? Se tiver alguma dúvida, mande um e-mail para contato@vitanutrire.com.

 

Please reload

output_ibuHiD.gif
output_yQJpEW.gif
SIGA-NOS:
POSTS EM DESTAQUE:
Please reload