© 2015 por VITA NUTRIRE

  • b-facebook
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Pinterest Preto Redonda
  • Twitter - Black Circle

Biomassa de Banana Verde

14.04.2016

Você sabia que a cultura da banana é a quarta mais importante do planeta?!
A banana alimenta todos os dias 400 milhões de pessoas em 100 países do mundo!

 

Mas a estrela desse post é a banana ainda verde e a pasta feita com ela cozida, chamada biomassa de banana verde, minha atual paixão culinária.

 

A biomassa foi descoberta pela brasileira Heloísa de Freitas Valle no momento em que a despensa de sua fazenda havia sido arrombada e esvaziada, fazendo com que ela, inspirada por uma receita caiçara, resolvesse cozinhar e fazer uma sopa com o único alimento que encontrou: um cacho de banana verde. E não é que deu certo?!

 

A partir de então, decidiu pesquisar a fundo a sua descoberta e escreveu o livro "Yes, Nós temos Bananas", em parceria com a jornalista e historiadora Marcia Mascarenhas Camargos, que visa resgatar a importância dessa nutritiva fruta no Brasil e no mundo, além de conter muitas receitas e informações detalhadas da biomassa. 

 

No quesito culinário, a biomassa possui uma textura única, que confere cremosidade e estrutura ao prato, além de aumentar o volume do mesmo, isso sem alterar seu sabor, por não ter praticamente gosto algum.

 

Quanto à saúde, dada a grande quantidade de amidos resistentes da biomassa, os benefícios de seu consumo são inúmeros: ação prebiótica e probiótica, que equilibra a flora e resguarda a saúde intestinal, além de auxiliar na absorção de nutrientes e de proteger contra o câncer colorretal e de tratar casos de diarreia e de constipação. Possui também ação reguladora da saciedade e da quantidade de açúcar no sangue. E para completar, é rica em vitamina A, B1, B2, potássio, magnésio, manganês, cobre, fósforo, enxofre, cloro e iodo. Quer mais?!

 

Vamos à receita?

 

Receita de Biomassa de Banana Verde

 

Vegano, sem glúten e sem lactose.

 

Rendimento: para 1kg de banana (peso com casca), aproximadamente 800ml de biomassa

Dificuldade: média

Tempo: 1 hora

 

Ingredientes

 

Bananas verdes (como as da foto) 

Água fervente (se necessário)

 

 

Modo de Preparo

 

  1. Leve ao fogo em panela de pressão destampada água suficiente para cobrir as bananas. Deixe ferver (antes de colocar as bananas);

  2. Corte as bananas da penca tomando cuidado para não expor a polpa;

  3. Lave-as em água corrente e sabão;

  4. Coloque as bananas na panela de pressão com a água já fervente;

  5. Tampe e retorne ao fogo;

  6. Após a panela começar a chiar, abaixe o fogo e cozinhe por 8 minutos;

  7. Desligue o fogo e deixe o vapor sair sozinho para continuar o cozimento. Não queira antecipar o processo liberando manualmente o vapor;

  8. Abra a panela e vá retirando uma banana por vez, deixando as demais na água quente; 

  9. Retire a casca e leve imediatamente a polpa ao liquidificador ou processador com o mínimo de água possível (fervente e não a do cozimento);

  10. Bata aos poucos para não forçar o liquidificador, até a massa ficar um creme liso, brilhante e homogêneo. Pronto!

 

Dicas

 

  1. Se tiver um bom liquidificador, bata sem adicionar água, o que aumenta a durabilidade da biomassa;

  2. A biomassa sem água dura de 3 a 4 meses no freezer. Já a misturada com água dura somente 2 meses congelada;

  3. É essencial que as bananas sejam processadas ainda quentes, senão correm o risco de "enfarinharem";

  4. Eu gosto de armazenar no freezer em forminhas de gelo. Meço o volume de cada cubinho em ml para saber quanto utilizar em um receita que peça 1 xícara (240ml), por exemplo. E depois de firmes, retiro das forminhas e armazeno em um potinho fechado no freezer.

  5. Para utilizar a biomassa congelada, deixe derreter com algum líquido no fogo e bata no liquidificador para homogeneizar;

  6. Aqui no blog vamos preparar muitas receitas com a biomassa, como cremes doces e salgados.

 

Ayurveda

 

Esse é um alimento funcional para pessoas de todos os doshas. Frio e pesado.

  • Vata: alimento nutritivo e adequado no tratamento de prisão de ventre. Consumir em pequenas quantidades, em temperatura morna a quente e com especiarias digestivas;

  • Pitta: bom no tratamento de diarreia e no combate de acidez estomacal;

  • Kapha: bom para tratamentos de diminuição de gordura corpórea. Também consumir em pequenas quantidades, em temperatura morna a quente e com especiarias picantes e digestivas.

 

Bibliografia

 

Valle, Heloisa de Freitas; Camargo, Marcia. Yes, nós temos bananas: histórias e receitas com biomassa de banana verde. 3. ed. São Paulo: Editora Senac São Paulo, 2011.

Please reload

output_ibuHiD.gif
output_yQJpEW.gif
SIGA-NOS:
POSTS EM DESTAQUE:
Please reload